Reprodução

Quinze milhões e 994 mil e 747 kwanzas é o valor arrecadado pelos Serviços de Migração e Estrangeiros (SME), durante o ano transacto, como resultado do pagamento da emissão de passaportes ordinários.

Segundo o porta voz da instituição, Justino Júlio, no referido período foram registados mil 611 pedidos de processos para obtenção de passaportes ordinários.

Justino Júlio disse que comparativamente ao período homólogo de 2015, houve uma redução de dois 362 de passaportes.

Durante o período em balanço foram encaminhados cinco cidadãos estrangeiros de diversas nacionalidades, entre congoleses democráticos e egípcios, para o centro de detenção dos estrangeiros ilegais em Luanda, por permanência ilegal na província.

Os Serviços de Migração Estrangeiras do Namibe tem sob tutela 635 cidadãos de diversas nacionalidades, dos quais 426 com vistos de trabalho, 129 portadores de cartões de residência, 65 com vistos de permanência temporário, 14 refugiados e um requerente de asilo.