O impacto desta experiência fez-se sentir tanto no seu corpo como na sua conta bancária.

Milhares de pessoas estão agora a participar no ‘Dry January’, um ritual anual de não consumir álcool durante 31 dias.

Mas o que é que acontece quando se decide prolongar esta experiência… por dois anos? Tobias Van Schneider, designer residente em Nova Iorque, decidiu largar o álcool e o café.

Passaram dois anos e os resultados são incríveis.

Tobias escreveu sobre a sua experiência de 27 meses sem álcool nem café na plataforma Get Pocket e explica que uma das coisas que a sua nova dieta trouxe foi a falta de interação social. O próprio acabava por rejeitar convites para ir ‘beber um copo’, para não ter de lidar com coscuvilhes, enquanto pessoa sóbria.

Conta ainda que notou benefícios claros para o seu corpo e para a sua conta bancária: diz que poupou mil dólares por mês (957 euros), passou a ter um sono de melhor qualidade – dormindo melhor e acordando com mais energia – e ainda se sentiu menos stressado.